Warning: include(/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49
Empreendedor, fique atento as diferenças entre Liderar e Gerenciar - Business Executive Coach - LFP de Freitas

Empreendedor, fique atento as diferenças entre Liderar e Gerenciar

Um dos dilemas mais conhecidos e presente no dia a dia de uma organização, além de muito ainda comentado, diz respeito a liderar versus gerenciar.

Há um conceito amplo e bem aceito na sociedade em relação a liderança, e todos querem ser e se sentir líderes.

A bibliografia a respeito do assunto é muito ampla e diversificada, e não pretendo aqui derrubar nada do que já vem sendo tratado por outros autores, reinventar a roda ou mesmo trazer alguma nova visão.

Quero apenas tentar simplificar as coisas de forma a permitir aos empreendedores e empresários terem uma clareza e direção de quando se deve aplicar um conceito e quando se deve aplicar outro. Como palestrante, coach e consultor é esta minha pequena contribuição e principal objetivo, para que possam refletir sobre os benefícios de uma ou outra direção.

Para facilitar, sugiro pensar da seguinte forma:

  • Liderar – conceito que está relacionado a pessoas
  • Gerenciar – conceito que está relacionado a coisas

Mesmo sabendo que a liderança é um tema que vem se destacando, não podemos dizer que não há mais gerenciamento de pessoas, que não gerenciamos equipes e que este termo “gerenciar” é algo do passado e que não se deve usar. Devemos apenas considerar que o ato de gerenciar é algo totalmente sistemático, metodológico, rotineiro e não contempla certas ações que levem em conta os impactos e benefícios provocados no que há de melhor numa empresa: as pessoas que lá trabalham.

Ao se gerenciar pessoas, as tratamos como processos, como máquinas e não consideraremos suas emoções, suas necessidades e anseios. Desta forma, estaremos fazendo o que muitos (ainda) fazem e não seremos capazes de gerar um importante diferencial para nossas empresas, e tampouco envolver as pessoas para caminhar conosco e atingir um outro patamar de excelência. Tenderemos a ser mais do mesmo, pois deixaremos de lado as técnicas de liderança.

É certo que muitas vezes precisamos gerenciar uma equipe comercial, traçar metas, controlar resultados, cobrar atitudes e etc.

E gerenciar uma equipe muitas vezes envolve fazer algo que não foi feito anteriormente, que é (ou deveria) simplesmente, ter tido uma liderança efetiva. Quando não se lidera pessoas, sente-se a necessidade de gerenciar!

Por outro lado, repare que ao falarmos de “controlar resultados” estamos falando de processos, semelhante ao controle de custos, por exemplo. Isto sim é e sempre será gerenciamento. Cobrar atitudes e ações pode ser feito no conceito de gerenciar, e dependendo do seu negócio isto ainda possa lhe trazer bons resultados, mas é provável que não se tenha uma equipe envolvida, comprometida e diferenciada, que compartilha visões, contribui com ideias e lhe ajuda no desenvolvimento e na superação dos desafios do seu negócio.

Assim, o conceito de gerenciar é ainda muito importante, principalmente quando falamos de processos e controles. Não há como liderar o controle de custos (pode-se liderar a equipe que atuará na redução e controle de custos, mas a atividade deles é de gerenciamento). Quando falamos de atividades e controle, percebemos que estas coisas não possuem “emoções”, desejos e anseios.

A liderança é uma arte, algo que se apresenta a cada dia como necessário, principalmente num mundo incerto e desafiador, e para se desenvolver a capacidade de liderança é preciso estudar, ler e ir em busca de conhecimento, praticar e repetir o ciclo de aprendizado e prática, pois há sempre algo a melhorar e aprender.

Senhores empreendedores e empresários, o mundo, o mercado, a economia são coisas mutantes e evoluem numa grande velocidade, principalmente com o avanço e o emprego de tecnologias. Para desenvolver e manter o seu negócio, é preciso estar atento a tais questões operacionais e tecnológicas, e também jamais deixar de lado a estratégia e a liderança.

Não deixem de praticar, de se aprofundar e atualizar sobre liderança, pois grandes empresas, grandes desafios exigem uma liderança efetiva, moderna e atual. Seja por meio de palestras, treinamentos, leituras, fóruns ou outros meios, todo empreendedor e empresário precisa ficar atento e atualizado!

Bons Negócios!

Luis Fernando Freitas
Palestrante, Coach e Consultor
www.lfpdefreitas.com.br

Este artigo também foi publicado em https://www.linkedin.com/pulse/empreendedor-fique-atento-diferen%C3%A7as-entre-liderar-e-freitas?trk=pulse_spock-articles