Estabilidade! Que negócio é esse?

Se você está buscando estabilidade, talvez nunca encontre, pois ela não existe!

Isso mesmo, você pode estar procurando algo que você não vai encontrar, pelo menos na forma como você espera, pensa que existe, ou ouviu falar.

Se pensa e anseia pela “estabilidade” para ter tranquilidade, conforto, felicidade ou algo nesta linha, sugiro começar a pensar em outras formas de viver com tranquilidade, conforto e ser feliz, ou dar outros significados a essas palavras.

Eu acho interessante já ter me deparado com vários jovens (e outras pessoas não tão jovens assim) que estão em busca da estabilidade, pois acreditam que ao encontrá-la num futuro próximo ou distante, poderão então decidir e optar pela felicidade em suas vidas.

Por outro lado, já ouvi muitos milionários dizerem que também esperavam por ela e nunca a encontraram, e por mais dinheiro que pudessem ganhar, ela nunca se “apresentou” para eles.

Para “piorar” (pelo menos no meu humilde modo de pensar), assisti ontem uma reportagem no Fantástico que, pasmem, mostrou ainda mais os jovens na busca e no desejo profundo de estabilidade, chegando inclusive a admitirem dar prioridade a ter um trabalho “chato” e que pague bem, do que ter um trabalho “bom” (e desejável) que não pague tão bem. Tudo isso na crença da tal “estabilidade”.

Bom, aqui devo destacar que já acho equivocado pensar em estabilidade apenas sob a ótica financeira, mas tudo bem, foi o que eu entendi como um dos focos na reportagem.

E devo admitir que a crise que ainda estamos vivendo no Brasil, para grande parte da população, cria realmente uma necessidade de se trabalhar para se poder sobreviver com o mínimo de dignidade, mas daí até alguém topar “vender seu tempo” por um logo período de sua vida para que algum dia possa “ser feliz” com a tal da “estabilidade”, sinceramente, eu acho perigoso demais.

O mundo moderno nos trouxe a mudança como algo constante em nossas vidas, e a grande maioria das mudanças é por definição algo desconfortável e imprevisível. Portanto, como podemos pensar em estabilidade se sequer podemos saber o que ocorrerá num futuro breve!? Se você souber, por favor me diga como.

Precisamos sim é estarmos preparados para as mudanças não só com conhecimento técnico, mas também inteligência emocional para enfrentar o desconhecido e percebê-lo como grandes oportunidades.

A verdadeira felicidade estar no caminhar e não no destino

Além do mais, se você topar fazer um serviço apenas pelo valor que recebe dele, dificilmente será tão bom naquilo a ponto de conseguir uma remuneração incrível, sendo que se topar fazer extremamente bem algo que se identifique e goste, poderá um dia ser remunerado incrivelmente bem (há vários exemplos disso).

Também, ter em mente que o único caminho é arrumar um emprego, sem considerar outras possibilidades tais como ser autônomo, microempreendedor, professor, atleta, já é uma restrição ou limitação que você pode estar colocando em sua vida na busca da prosperidade e da felicidade. Digo isso embora acredite que as experiências profissionais em empresas, como funcionário, podem ser extremamente ricas e valiosas e muito importantes para se empreender por exemplo.

Eu não vou me alongar, quero apenas lhe dizer, não busque estabilidade nunca, pois além dela não existir, não será ela que irá lhe trazer felicidade e prosperidade. Busque a felicidade, busque a prosperidade, pois elas sim existem! Faça o seu melhor, seguindo seu coração, identificando seus talentos, seus desejos, sendo livre em suas escolhas (o máximo que puder) e, se assim fizer, acredito que poderá ter um dia como prêmio uma, aparente, estabilidade.

Luis Fernando Freitas