Warning: include(/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49
A incrível experiência de conhecer o universo chamado Disney

Eu fui à Disney

Quero compartilhar minha visão sobre a realização de um grande sonho!

Não que eu acredite que ter ido a Disney seja a coisa mais importante do mundo, apenas que para mim ter conhecido a Disney foi uma das conquistas mais importantes da minha vida.

Sempre fui de classe média, tive muitas coisas importantes na minha vida e nunca passei necessidades, mas isso não significa que nunca tenha me faltado nada. Digo isso, porque hoje penso que me faltou sonhar alto, de pensar grande e de talvez ter sido estimulado a ser muito mais do que eu sempre fui e poderia ser.

Como nasci no fim do ano, entrei um ano antes na escola e, ano a ano fui sempre o mais novo da turma. Naquela época isto era visto com grande vantagem pois eu poderia me formar (ter uma profissão) antes dos 21 anos de idade, e assim foi, eu consegui terminar meu curso de Administração de Empresas dias antes de completar 21 anos de idade.

Mas vamos voltar a Disney, ao desejo de sonhar grande. Até os 39 anos de idade nunca me imaginei conhecendo a Disney e confesso que era um sonho distante pois nem sequer existia na minha mente. Mas o interessante é que essa oportunidade surgiu no mesmo momento em que eu vivia uma insegurança na minha vida, pois após de ter sido sempre o “prodígio” e ser o mais novo não só na escola, mas também nas empresas que trabalhei, com 35 anos fui demitido e os primeiros pensamentos que vieram a mente me deixavam inseguro e temeroso quanto ao meu futuro profissional.

Neste período pedi ajuda a um amigo que prontamente se manifestou interessado em me ajudar e então fui viver algo que sempre desejei, empreender. Este desejo datava dos meus 15 anos de idade, que foi quando comecei a trabalhar em um negócio que meu pai acabara de comprar (o detalhe interessante é que comecei a trabalhar exatamente no dia do meu aniversário de 15 anos).

Lá em 2009, neste desafio de empreender, assim como em qualquer negócio, o começo é muito difícil e de alguma forma totalmente incerto. Seja pelo mercado, seja pelo nosso conhecimento, seja pela nossa convicção, seja também pelas pessoas que nos rodeiam que de alguma forma, ao não perceber resultados efetivos e imediatos desta nossa decisão, de alguma forma nos questionam se ao invés de seguir esse caminho não deveríamos voltar a procurar um emprego e ser mais cauteloso.

Talvez você possa ter vivido algo semelhante, mas eu nunca havia vivido isso. Persisti por 3 anos em minha primeira empreitada, aprendi muita coisa, errei bastante também. Após esses 3 anos, comecei a ver que eu não estava persistindo, mas sim, insistindo. Imediatamente tomei uma decisão que para mim foi muito mais difícil do que aquela de abrir o meu próprio negócio, que foi a de parar a minha empresa que eu estava há 3 anos desenvolvendo. Pode acreditar em mim, é uma das decisões mais importantes e difíceis que tomei, cuja a incerteza de ter tomada a decisão correta perdurou ainda por mais uns 3 anos.

E foi neste momento, após grande dedicação, sofrimento, alegrias, medos e outros sentimentos, que resolvi mudar muita coisa em minha vida. Além de deixar o negócio de lado, resolvi voltar a morar em São Paulo e mudar completamente minha vida, e resolvi me dedicar ao ramo de consultoria, um desejo também antigo que me perseguia, isto porque já havia feito muita consultoria dentro das empresas em que trabalhei.

Imaginei que uma mudança desta magnitude iria requerer uma “recompensa” para meus filhos e então decidi fazer uma viagem dos sonhos. Em primeiro lugar a viagem consistia em fazer um cruzeiro pelo caribe e no retorno, irmos até Orlando conhecer a Disney. E para contar essa viagem, eu precisaria escrever um livro.

Mas aqui eu quero compartilhar que esta viagem representou uma “recompensa” não somente para meus filhos e minha mulher, mas também para mim. Pude perceber meu mundo se expandir, conhecer uma outra cultura, uma encantadora forma de lidar com os clientes, uma cultura que valoriza o trabalho de “cabeças brancas” (pessoas com mais idade que trabalham tanto na Disney como também em várias outras lojas nos EUA), entre outras coisas.

E é neste ponto que eu quero lhe fazer uma pergunta: Onde é a sua “Disney”? O que você está fazendo para chegar até lá?

Repare que “onde é a sua Disney” é apenas uma metáfora, até porque não considero de fato que conhecer a Disney é a coisa mais importante da vida, mesmo tendo dito que foi uma das coisas mais importantes que ocorreu na minha, pois pude não só aprender, mas mostrar isso para meus filhos e plantar neles a ambição que todos nós precisamos ter para realizar grandes coisas na nossa vida e encontrar o verdadeiro sentido de viver (espero ter conseguido).

Ah, e para terminar, eu fui mais de uma vez e ainda pretendo voltar. Para quem assistiu “Divertidamente”, saibam que eu tenho a minha ilha chamada Disney e lá tudo ocorre de forma mágica, mas isso não me impede de criar várias outras “ilhas”. Quer um exemplo: em 2012 conheci a Disney, em 2013 me preparei para retornar, em 2014 retornei, em 2015 participei de um livro como coautor e agora em 2016 já participei também da fundação de uma Federação. Tudo isso virou um legado!

Qual o seu legado? Trabalhe seu legado! Meus filhos são meu legado, por isso trabalhei levando-os para a Disney, mas se você imaginar que este desafio é alto demais para você, permita-se viver em etapas até chegar ao ponto mais alto, mas jamais deixe de sonhar, jamais deixe de plantar sonhos. Não deixe que falte isso ao seu redor e na sua vida!

Luis Fernando Freitas
www.lfpdefreitas.com.br
www.facebook.com.br/lfpdefreitas

Este texto também foi publicado em: https://www.linkedin.com/pulse/como-chamar-aten%C3%A7%C3%A3o-do-seu-p%C3%BAblico-luis-fernando-freitas