5 de junho de 2018

A ciência por trás

do método

“Serious Play” é o nome que foi dado ao processo usado para trazer a criatividade, exuberância e a inspiração do jogo aos adultos.

As teorias-chave e o princípio que inspirou a criação do Lego® Serious Play® foram:

  1. Jogo
  2. Construcionismo
  3. A conexão entre as mãos e a mente, e o Flow
  4. A imaginação
  5. O uso de metáforas
  6. Os sistemas adaptativos complexos

O método Lego® Serious Play® se baseia no desenvolvimento de tarefas como: construir, mediante o jogo, um modelo metafórico em 3D do seu negócio de uma maneira lúdica.

Desta forma, permite desprender a imaginação criativa para desenvolver uma estratégia de negócio inovadora e dinâmica.

Três componentes-chave para o jogo, que é uma reunião intencional de pessoas, onde os participantes:

  1. Querem utilizar sua imaginação (não a fantasia)
  2. Concordam que eles não estão produzindo diretamente um produto ou um serviço
  3. Estão caminhando junto com esses objetivos e concordam em seguir um conjunto especial de regras.

Serious Play

A maioria das pessoas vê o jogo como o extremo oposto ao trabalho, como algo frívolo, como uma atividade para preencher o tempo livre quando não se está ocupado com preocupações mais sérias.

O termo em si, “Serious Play” parece um paradoxo.

O jogo é geralmente algo divertido, mas raramente – ou nunca – é frívolo. A literatura sobre o jogo concorda com este fato: jogar sempre serve a um propósito.

Definimos o “jogo” como uma atividade voluntária, estruturada e limitada que envolve a imaginação.

Isto é, é uma atividade que se desenvolve dentro de um tempo e espaço determinado, que é estruturada por regras, convenções ou acordos entre os jogadores, livre de figuras autoritárias, baseando-se em elementos de fantasia e imaginação criativa.

Entretanto, o jogo para adultos não é precisamente o mesmo que um jogo para crianças.

Quando os adultos jogam, eles jogam com o senso de identidade.

Seu jogo é frequentemente, porém não sempre, competitivo. São geralmente jogados com um objetivo específico em mente, enquanto que em crianças os propósitos são menos conscientes.

Propósitos do Jogo

Identificamos 4 propósitos do jogo para adultos, que são especialmente relevantes para nossa discussão sobre o método Lego® Serious Play®:

  • Criação de laços sociais
  • Expressão de emoções
  • Desenvolvimento cognitivo
  • Competição construtiva

Laços Sociais

A criação de laços sociais é um benefício do jogo. Traz um sentido de grupo, união, segurança, cooperação e expressão cultural.

Por outro lado, a criação de laços sociais proporciona diversas oportunidades para o desenvolvimento de liderança, cooperação, trabalho em equipe, perseverança, altruísmo etc.

Todos esses aspectos contribuem para o desenvolvimento de uma autoanalise com discernimento e um conceito construtivo de si mesmo.

Emoções

A base motivacional para o jogo é descrita na literatura, fundamentalmente, como algo emocional (Fein 1984, Vygotsky 1978). As representações usadas no jogo são, de fato, representações do conhecimento afetivo de quem joga. Emoções como o amor, a raiva ou o medo motivam e modelam as diferentes formas de jogar na qual o jogador se compromete, assim como as expressões simbólicas que os jogadores produzem. Visto que o jogo envolve a capacidade de fazer de conta e de mudar a atenção e os papéis, ele proporciona uma configuração natural, na qual, pode dar lugar a uma experiência terapêutica ou catártica inconsciente e voluntária.

Desenvolvimento

O brincar permite transmitir e fazer entender conceitos abstratos e assuntos complexos que, do contrário, poderiam ser difíceis de compreender. Isso foi descrito como o fertilizante para o desenvolvimento cerebral.

Em termos de desenvolvimento cognitivo, veremos na explicação sobre o construcionismo como o jogo contribui para o aprendizado e a compreensão.

Através do uso da construção de modelos e metáforas, os objetos do jogo podem adquirir significado e podem personificar conceitos abertos, permitindo assim expressar de maneira concreta relações formais, que de outra forma poderiam ser difíceis de compreender.

Competição

Ao falar de competição construtiva, nos referimos ao tipo e competição que nos permite mensurar nossas próprias habilidades contra aquelas dos nossos oponentes, não exclusivamente com a intenção de ganhar, mas para atuar da melhor forma possível.

Estas “competições” não precisam ser, necessariamente, entre os jogadores, mas também podem ser em um grupo unido que “compete” para alcançar um objetivo compartilhado.

O ponto crítico é que o jogo para adultos pode estar tão ligado aos desafios reais da vida diária como em um jogo para as crianças.

Jogar é especialmente adequado para aprimorar nossa inteligência competitiva.