Como se tornar um profissional valioso

Um profissional valioso em qualquer empresa deve saber a importância de sempre ser melhor, de sempre buscar aprimorar suas qualidades e habilidades e fazer mais do que é esperado dele.

É preciso adotar uma postura compatível com esta direção e saber explorar suas melhores características, aliando os resultados alcançados e todo o conhecimento adquirido ao longo dos anos. 

Assim, é possível reunir (e desenvolver) um conjunto de competências que proporcionam à você diversos diferenciais e o tornam mais atraente para as empresas. 

Veja algumas dicas neste processo:

  • Pense como um líder

A questão não é somente sobre a sua postura como um bom empregado ou se ainda é um dos acionistas da empresa. O foco do profissional valioso deve ser gerar prosperidade e um crescimento contínuo para os negócios e para a empresa.

Adotar esta postura não pode ser confundida, por exemplo, com passar à frente do seu gestor ou líder, mas sim, de apresentar ideias e sugestões inovadoras que tragam soluções aos processos. Pensar como um líder é ter sempre um comportamento de querer que a empresa alcance o sucesso, atuar com afinco, dedicação e paixão, e auxiliar o desenvolvimento da empresa e das pessoas no que for preciso.

Sempre se mantenha atualizado referente as estratégias e informações da empresa, de modo que você consiga manter o foco em suas próprias atividades e também ficar à disposição para auxiliar outras pessoas.

  • Seja ético e profissional

No ambiente profissional, como no ambiente familiar e social, deve-se dispor de uma postura correta e de muito respeito às normas que disponibilizam a garantia dos nossos direitos e deveres, colaborando com o bem-estar próprio, da empresa e da sociedade.

Por isso, seja ético! Não utilize as plataformas da empresa para solucionar questões pessoais sem autorização. A conquista de excelentes resultados e uma evolução contínua, é marcada pela ética e atitudes conscientes do profissional. É importante lembrar que quaisquer ações que apresentem desvio trazem suas consequências e podem lhe prejudicar na trajetória e no avanço da sua carreira.

  • Desenvolva inteligência emocional

A inteligência emocional se define pela competência de identificação, uso, compreensão e gerenciamento das emoções de modo positivo, para alívio do estresse, desenvolvimento, superação de obstáculos e resolução de conflitos. Ela tem impacto em diversas vertentes da vida, e afeta o comportamento apresentado no dia a dia, além de afetar a maneira como uma pessoa reage em relação a outras pessoas.

Algumas funções da inteligência emocional são compostas por: 1) autoconhecimento, com o reconhecimento das emoções e como elas dizem respeito aos pensamentos e formas comportamentais, os pontos relevantes e ruins; 2) a autoconfiança; 3) o autocontrole; 4) a consciência social; 5) a gestão de relacionamento; 6) a comunicação clara e; 7) a influência positiva em trabalhos coletivos.

  • Atualize-se constantemente

Não há como fugir das mesmas teorias. É preciso sempre se aperfeiçoar e buscar estar atualizado das novidades profissionais que possam auxiliar o seu currículo, seu desenvolvimento, a melhoria do ambiente de trabalho, e tudo mais que possa ajudar também o crescimento da empresa. Faça cursos, especializações, busque inovar e conheça ferramentas que podem ajudá-lo no desenvolvimento de suas tarefas e atividades. Faça treinamentos que desenvolvam, aperfeiçoem, potencializem ou transformem suas habilidades e estratégias. Não dependa de ninguém para tomar decisões assim.

  • Saiba como lidar com os possíveis conflitos

Não há como negar que isso pode acontecer. As pessoas são complexas e os ambientes de trabalho também. Pode ser que algum colega de trabalho e até diversas questões pessoais surjam para atrapalhar esse processo. Nesse caso, é preciso buscar soluções para que não haja um aumento ou piora da situação.

Discutir com alguém ou se desentender em relação a opiniões divergentes, pode ser estressante, ainda mais, caso você esteja passando por problemas pessoais. Sabemos que situações assim ocorrem.

Mas a postura e atitude a ser tomada por você nesse momento deve ser extremamente consciente e de compreensão. Entenda que a empresa e as pessoas que trabalham nela não fazem parte dos seus problemas. Saiba diferenciar os ambientes, e tente, de todas as formas, solucionar as questões do trabalho com calma, paciência e inteligência.

Pense sempre naquilo que virá em seguida, nos benefícios e gratificações que você receberá por ser um profissional compreensivo e ético, um profissional valioso!

Boa sorte!

Luis Fernando Freitas | www.lfpdefreitas.com.br / www.thinkahead.com.br