Warning: include(/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49
Prosperidade - Business Executive Coach - LFP de Freitas

Prosperidade

É comum associarmos o termo prosperidade a recursos financeiros, ou melhor, associarmos a busca por prosperidade como a busca por uma independência financeira ou mesmo até, as vezes, como algo que lhe coloque bem longe das preocupações financeiras e com muito dinheiro.

No entanto, a prosperidade deve ser vista, no meu ponto de vista, como uma evolução natural da vida de uma pessoa. Ser próspero significa então estar feliz com você mesmo e ir em direção ao que você quer da sua vida e em busca do sucesso almejado. Não podemos acreditar apenas que uma pessoa que busca dinheiro ou que tenha uma vida baseada unicamente na busca e ampliação de recursos financeiros seja alguém próspero.

Ou seja, discutir o conceito de prosperidade é algo amplo que envolve muito mais do que apenas falarmos em dinheiro.

No entanto, mesmo com isso em mente, vou limitar este texto a busca da prosperidade sob o aspecto financeiro, sabendo que estarei abordando parcialmente o tema, mas de alguma forma contribuindo também.

Creio seja interessante tocar no assunto e buscar uma reflexão do leitor, pois recebo inúmeros questionamentos em treinamentos, palestras ou mesmo prestando consultoria ou falando com um empresário e pessoas interessadas no assunto.

Um dos primeiros pontos que destaco é sobre saber e descobrir que cada um de nós temos crenças que podem limitar (e limitam na maioria das vezes) o nosso crescimento financeiro. Estas crenças provocam algum tipo de emoção dentro de nós e moldam nossas ações.

Em outras palavras, significa dizer que temos e desenvolvemos ao longo do tempo um significado, uma emoção relativa ao dinheiro. Isto é sem dúvida baseado em nossa experiência, na nossa criação e também com base no conhecimento que buscamos, seja por meio de treinamentos, leituras, vídeos entre outras fontes. Aprendemos então o que nos foi ensinado (consciente ou inconscientemente) e aprendemos também em virtude das buscas de conhecimentos que realizamos.

Por isso, eu sugiro que você reflita sobre prosperidade financeira e reflita antes disso, o que o dinheiro representa para você, reflita qual é o tipo de emoção que ele lhe traz e altere este entendimento se for necessário para evoluir na direção que deseja. Vou citar algumas situações para lhe ajudar.

  • Dinheiro pode representar para algumas pessoas, liberdade, e para outras pode representar uma prisão a necessidade de “cuidar” dele. É comum encontrar pessoas que possuem um sentimento de culpa ao gastar dinheiro (que lhes aprisionam) enquanto outras demonstram uma profunda felicidade (que lhes libertam).
  • Para uns, o dinheiro pode representar prazer imediato e a possibilidade de se comprar ou consumir o que se quer, e ao mesmo tempo, para outros pode representar uma incerteza do futuro (o gasto no curto prazo). Muitas pessoas abrem mão de qualquer consumo para poupar dinheiro imaginando que irão precisar deste recurso um pouco mais à frente, enquanto outros não se preocupam com o futuro e preferem gastar e viver o momento atual. De um jeito ou de outro eu lhe pergunto: você está se preparando para o que? Tempo melhores ou tempos piores? Quem busca prosperidade normalmente está em busca de tempos melhores…
  • Para algumas pessoas, muito dinheiro está também associado a coisas “erradas” pois creem que só é possível ter muito dinheiro se fizerem algo de errado. Enquanto isso outras pessoas sabem que isso nem sempre é verdade e se sentem capazes de buscar sua independência financeira, seja pelo seu nível de competência técnica ou comportamental.

É incrível como dinheiro e prosperidade podem significar coisas diferentes entre as pessoas, ou até mesmo para a mesma pessoa ao longo da sua vida. Acredite, você pode mudar o modelo de dinheiro que “aprendeu” e isso pode ser muito bom para sua vida. É possível mudar a energia do dinheiro para melhorar sua vida, controlar o dinheiro ao invés dele te controlar.

De uma forma ou de outra, eu sugiro que você evolua numa autoavaliação em relação ao dinheiro, descubra o que ele representa para você. Mas não deixe de envolver sua família. Se tiver filhos, também é importante avaliar o “modelo” e as “crenças” que de alguma forma está passando adiante. Pense que quem mostra sacrifício extremo ao ganhar dinheiro pode estar ensinando que o dinheiro é sofrimento (um exemplo comum é dizer para as crianças que o dinheiro não nasce em árvore, que já soa como coisa do passado pois poderá ser associado apenas a sacrifícios. Isto provavelmente não irá trazer a prosperidade que deseja para seus filhos).

Este artigo também foi publicado em http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-financas/prosperidade/85858/