Warning: include(/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/vendor/autoload.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/8f/47/lfpdefreitas/public_html/wp-content/plugins/login-customizer/login-customizer.php on line 49
Responsabilidade e papéis - Business Executive Coach - LFP de Freitas

Responsabilidade e papéis

Aprendi ao longo da minha carreira que só conseguimos identificar e comprovar a capacidade de um profissional quando damos a ele, além das tarefas e diretrizes de sua função, a confiança e oportunidade sobre o resultado delas.

Muitos dos leitores podem ter ouvido ao longo de suas carreiras, assim como eu também ouvi bastante, que é preciso melhorar nisso ou naquilo para nossa ascensão na empresa, para se conquistar novos cargos e novas oportunidades.

E apesar de tudo que ouvi ao longo do tempo, me tornei um empreendedor, palestrante, professor e consultor, pois soube avaliar o que fazia sentido e o que deveria ser descartado, adaptando meu comportamento a cada papel que exerci profissionalmente em cada etapa da minha vida.

Acredite, ainda nos dias de hoje parece que as empresas (em sua maioria é claro, não todas) criam regimes de relacionamento com seus funcionários de uma maneira a brecar seu desenvolvimento e a evolução dos profissionais dentro dela, o que no longo prazo criará grandes limitações para a evolução do próprio negócio.

Sabemos que qualquer negócio precisa de pessoas e precisa mais do que isso, precisa de talentos. Como empresário ou gestor, não deixe que isso ocorra dentro da sua empresa! Dê oportunidade e delegue o que puder a seus funcionários, lembrando de algo muito importante: se delega apenas atividades, tarefas, jamais responsabilidades, pois no final das contas a responsabilidade será sempre sua.

É preciso delegar, apostar nas pessoas, deixar elas assumirem uma posição, abraçarem (aos olhos dela) a responsabilidade por algo. Só assim, teremos uma participação diferenciada das pessoas, dos profissionais.

Elas vão errar, mas se forem capazes de aprenderem com seus erros, irão evoluir. E essa evolução fará da sua empresa uma empresa de destaque no futuro.

Lembre-se: delegue atividades ou tarefas mas jamais responsabilidade, pois responsabilidade não se delega.

Na vida, seja em termos pessoais ou profissionais, estamos sempre sujeitos a exercer papéis.

Eu posso assumir (e assumo) o papel de pai perante meus filhos, mas quando vou visitar os meus próprios pais, eu sou “obrigado” a assumir um outro papel, o de filho.

Existem coisas que “podemos” fazer de errado, se é que podemos assim dizer, quando estamos no papel de filhos, que são as mesmas coisas que precisamos evitar fazer quando estamos no papel de pais, na frente de nossos filhos. Quer um exemplo? Falar palavrões por uma irritação qualquer, é um bom exemplo. Nos sentimos no direito de fazer isso quando estamos no papel de filho, mas teremos muito mais controle quando estivermos a frente de nossos filhos exercendo o papel de pais.

Na empresa ocorre o mesmo, e podemos mudar de papéis na frente de nossos clientes, fornecedores e parceiros, não deixando de lado que dentro dela sempre seremos o gestor ou um sócio, o empreendedor, o dono dela perante os demais.

Saiba explorar positivamente este quesito, mostre a eles (seu pessoal) o papel que está sendo oferecido a eles para que você possa determinar o comportamento ideal, o comportamento que poderá influenciar positivamente outras pessoas, fazendo com que sua empresa tenha mais clareza na comunicação e sucesso, sendo isso assimilado pelo seu pessoal de forma consciente ou não.

Sem dúvida que a responsabilidade de desenvolvimento profissional cabe a cada um, perceber a necessidade de adotar um outro comportamento também, mas se você se antecipar e fizer sua parte, terá resultados mais imediatos, o que acredito diferenciará sua empresa dos seus principais concorrentes.

Este artigo também foi publicado em http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/responsabilidade-e-papeis/88284/